skip to Main Content

Quinta de Saes Estágio Prolongado

Tinto

15.20 

Álvaro Castro é um dos melhores produtores nacionais. E isto é quase uma espécie de verdade incontestável no mundo do vinho português.

Se falarmos em particular da sua região do Dão, então é ainda mais difícil encontrar outro produtor que tenha tamanho sucesso com o trabalho que faz.

As primeiras referências histórias conhecidas da Quinta da Pellada — a casa deste vinho — aparecem por volta de 1570.

Se pensarmos que a região Demarcada do Dão só foi instituída em 1908… dá para ver a experiência, a riqueza, a história e a tradição que ligam esta região à produção de vinho.

Mas o que dá a esta Quinta (e ao seu vinho) características especiais é o facto único de estar rodeada por três serras imponentes como é o caso das serras da Estrela, Caramulo e Buçaco, facto que protege as vinhas dos ventos atlânticos.

Este Quinta de Saes 2015 Estágio Prolongado é um vinho que amadurece muito bem na garrafa e promete estar uma pequena maravilha (se o guardares como manda a lei: num sítio fresco e escuro, de preferência) daqui por uns anos.

Resta saber se aguentas esperar até lá.

Quando o abrires, lembra-te que esta é uma boa escolha para o inverno, talvez porque combina na perfeição com pratos de carne.

Impressiona também pela cor hipnotizante e pela persistência com que insiste em não nos abandonar no final de cada gole. É, portanto, um vinho teimoso e obstinado.

Bom, depois disto tudo, se ainda te sentires com coragem suficiente para não abrir esta garrafa, estás de parabéns.

Não é qualquer pessoa que tem esse nível de autocontrolo.

Se, por ventura, resolveres esquecer a ideia de o guardar e o abrires nas próximas semanas, passa pelo nosso site e diz-nos o que achaste do vinho. Boa?

Até breve.

Cheers!

Adicionar aos Favoritos
Adicionar aos Favoritos

Descrição

Tipo de solo: granítico com linhas de argila
e areia
Vinhas: Vinhas com 45 anos, com cerca de 5000 pés por hectare, situadas a 500 m de altura.
Tipo de Poda: Guyot
Castas: 30% Touriga Nacional e Alfrocheiro, 70% vinha velha (field-blend).
Vinificação:
O ano vitícola 2015 no Dão ficou marcado por um Inverno mais seco do que o ano anterior e a chuva que caiu no início da Primavera permitiu obter algumas reservas de água no solo, que apoiaram a planta durante os meses secos de Primavera e Verão. Sendo um ano precoce, em Julho, a vinha já se encontrava na fase de pintor, tendo a vindima começado uma semana mais cedo do que no ano anterior.
Após uma selecção cuidadosa quer na vinha quer na adega, a fermentação decorreu em lagares de inox, com temperatura controlada. Estagiou durante 24 meses em barricas de carvalho allier de segundo ano.
Notas de prova: Cor rubi bonito. O nariz é fino e intenso, com notas de frutos vermelhos maduros,
picante e torradas. Na boca, é macio, com fruta madura bem integrado com taninos e acidez muito boa. Final longo e persistente. Para acompanhar com pratos de carne grelhada, massas e condimento.

Informações técnicas

Teor alcoólico: 13,2% vol.
Acidez Volátil: 0,65 g/dm3 ácido acético
Acidez Total: 5,82 g/dm3 ácido tartárico
pH: 3,70
SO2 livre: 28 mg/dm3
SO2 total: 58 mg/dm3

Receita

Ravioli de espinafres e ricotta com abóbora e nozes
by chef Sebastião Vasconcelos
INGREDIENTES

Massa: 500 g de farinha
4 ovos grandes
5 ml de azeite
Recheio: 300 g espinafres
250 g ricotta
40 g parmesão ralado na hora
1 gema de ovo
Sal e pimenta
Molho: 300 g de natas
200 g de abóbora previamente cortada aos cubos (1 cm) e fervida durante 2 min
60 g parmesão
2 colheres de sopa de azeite
100 g de nozes ( aos quartos )
50 g de manteiga
1 dente de alho
1 Folha de louro

PREPARAÇÃO

Numa bancada coloque a farinha e faça um buraco no meio. Adicione os ovos, o azeite e envolva até ter uma mistura homogénea. Dividir a massa em duas partes iguais e reservar à temperatura ambiente durante 20 min.
Para o Recheio, adicione os espinafres em água a ferver durante 10 segundos, De seguida retire-os e deixe repousar em água e gelo. Após arrefecidos, escorrer a água tirando o excesso, coloque os espinafres sobre uma tábua e pique-os. Coloque o preparado numa tigela e adicione a ricotta, o parmesão, a gema de ovo e retifique os temperos de sal e pimenta a gosto.
Para os Raviolis, polvilhe a bancada com farinha e coloque as duas folhas de massa, já previamente esticadas lado a lado. Coloque uma colher de chá do recheio num dos lados da massa deixando intervalos de 8 cm. Pincele a zona em redor do recheio com gema de ovo. Para finalizar pegue no outro lado da massa e cubra a massa que tem o recheio. Retire qualquer bola de ar e em seguida pressione para selar a massa. De seguida corte os raviolis a seu gosto ( quadrados, redondos,…)
Numa panela com água a ferver adicione o dente de alho, uma folha de louro, uma pitada de sal e um fio de azeite. Verta os Raviolis e deixe-os cozinhar durante 4/5 minutos.
Para o molho, numa frigideira junte manteiga e salteie a abóbora, de seguida adicione as natas e no final as nozes. Misture até ter uma consistência homogénea e junte os raviolis.
Finalize com parmesão ralado.

COMO FUNCIONA

Your wine at home

A ESCOLHA

Nós escolhemos o vinho com a ajuda dos nossos especialistas.

A ENTREGA

Tu escolhes o local onde queres que o vinho te seja entregue. Em casa, no trabalho, na casa de férias ou de um amigo.

A PROVA

Guardamos o melhor para o fim: a prova. Delicia-te com a escolha que preparámos para ti, diverte-te e… repete tudo outra vez.

Back To Top
TEM IDADE LEGAL PARA O CONSUMO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS? Para aceder a esta página deve ter idade legal para o consumo de bebidas alcoólicas, de acordo com os termos legais do seu país.
Carrinho